5 costumes japoneses que brasileiros deviam seguir

Tempo de leitura: 3 minutos

Se no globo terrestre Brasil e Japão estão em extremos opostos, nas atitudes o mesmo acontece. Enquanto os japoneses são conhecidos por serem extremamente disciplinados e organizados, os brasileiros têm a fama de ser um povo descontraído e sorridente.

Muitos hábitos comuns da terra do sol nascente trazem praticidade e funcionalidade para a rotina e são atitudes que deveriam ser adotadas não só pelos brasileiros, mas por todo o mundo. Confira, a seguir, 5 costumes japoneses simples e que podem fazer toda a diferença no seu dia a dia.

1- Deixe os sapatos assim que entrar em casa

Quem já praticou alguma arte marcial, já sabe: jamais entre no tatame de tênis ou chinelos. Essa atitude vem da antiguidade, pois os japoneses acreditavam que ao deixar seus sapatos na entrada da casa, evitavam que entrassem energias ruins no ambiente.

Superstições à parte, a medida é boa para evitar realmente que você leve sujeira da rua para dentro de sua casa. No Japão isso é tão comum que eles fazem isso na casa de amigos e familiares e até mesmo em escolas e hospitais. Um hábito saudável que contribui para a higiene dos ambientes.

2- Use panos quentes para as mãos

Essa já é, inclusive, uma prática comum em algumas companhias aéreas no ocidente. Normalmente, as aeromoças oferecem toalhas umedecidas momentos antes de servir a refeição. E no Japão, os restaurantes tem o costume de disponibilizar os panos quentes para que os clientes possam higienizar as mãos.

Mas atenção: use apenas para as mãos, nunca para outras partes do corpo, como o rosto. Também não use como se fosse um guardanapo. Estas práticas são extremamente mal vistas.

3- Contribua na limpeza

Quem não se lembra das famosas cenas que aconteceram durante os jogos da seleção japonesa durante a Copa do Mundo de futebol, que ocorreram em 2014 no Brasil. Após o final dos jogos, torcedores japoneses eram flagrados retirando lixo das arquibancadas.

Muitos brasileiros compartilhavam vídeos e fotos nas redes sociais, comentando que esse sim era um gesto a ser seguido. E não é só nos estádios que o japonês promove a limpeza. Isso vale para qualquer lugar público, como as ruas, jardins e praças.

O hábito de participar da limpeza no Japão é cultivado desde cedo. Não à toa, as crianças a partir dos seis anos precisam contribuir na limpeza das escola. Isso inclui inclusive mictórios e vasos sanitários. Essa é uma lição valiosa para as escolas japonesas, o valor da organização e da higiene. E não tem como fugir do trabalho, já que a faxina faz parte da grade curricular dos estudantes.

4- Use máscaras hospitalares

Se você vir alguém usando máscaras hospitalares pelas ruas brasileiras, certamente vai achar que a pessoa está muito doente e pode estar com baixa imunidade. No Japão é muito comum ver pessoas usando as máscaras hospitalares. E o motivo é basicamente para que eles se protejam de viroses ou alergias. Além disso, as máscaras evitam a proliferação de doenças contagiosas.

5- Mantenha o transporte público organizado

Como um povo organizado e educado, o japonês merece elogios pela sua performance no transporte público. Todos os passageiros aguardam em filas e esperam pacientemente todos desembarcarem antes de embarcar. Além disso, tanto nos trens e metrôs quanto nos ônibus, os japoneses não ficam com mochilas nas costas para não atrapalhar a passagem, e inclusive evitam atender o telefone celular para não incomodar os demais com suas conversas.

Parece simples adotar esses hábitos, correto? Para uma vida melhor em sociedade, é uma boa ideia deixarmos o individualismo de lado e incorporar costumes japoneses em nossa rotina para o bem próprio e do coletivo. E você, gostou dos hábitos japoneses? Então conte para a gente nos comentários qual é o seu favorito!