6 dicas para aprender japonês e falar fluentemente a língua

Tempo de leitura: 4 minutos

A língua japonesa exerce uma atração sobre muitas pessoas, seja pelo fascínio com relação à cultura milenar do Japão, seja por causa dos animes e seriados produzidos por esse país. Há também quem queira aprender japonês por questões profissionais e de estudo, ou ainda pela necessidade de morar no Japão. De todo modo, esse aprendizado traz desafios e envolve muitos fatores, a começar por ter de saber inglês, uma vez que a maioria dos materiais disponíveis para aprender japonês se encontram nessa língua.

Quer saber como falar fluentemente a língua japonesa? Veja nossas dicas de hoje para saber como você pode alcançar esse objetivo antes do que espera!

1 – Habitue-se ao idioma falado

Um dos primeiros impactos ao aprender a língua japonesa é a fonética desse idioma. Por ser totalmente diferente do português, isso causa estranhamento e acaba sendo uma barreira. Um bom começo é tomar contato o máximo possível com a pronúncia. Se você estiver morando no Japão, procure estar atento a cada palavra que ouvir. Peça às pessoas mais próximas para falar um pouco mais devagar e tente distinguir os sons. Caso não esteja no Japão, assista a diversos filmes, seriados e animes sem acionar a dublagem, ou escute músicas e podcasts. Seu cérebro se acostumará com a forma de falar do japonês, facilitando cada vez mais a absorção da nova língua.

2 – Comece a fazer exercícios escritos

Antes de mais nada, deixe totalmente de lado o romaji (o alfabeto romano – a, b, c…). O sistema mais indicado para iniciar seus estudos em japonês é o Kana (composto por duas formas de escrita, o Hiragana e o Katakana). Comece pela prática das 46 letras base que pertencem ao Hiragana e depois passe para o Katakana. Lembre-se de unir os treinos escritos com a fala, pronunciando as letras em voz alta. Isso vai ajudar na memorização por associação.

3 – Exercite a pronúncia

Depois que tiver prestado atenção à forma de falar o japonês e de já ter conseguido dar os primeiros passos com o Hiragana e Katakana, passe a exercitar a pronúncia. Você terá, por exemplo, de se habituar a falar as consoantes duplas e as vogais longas. Ao desenvolver esse aprendizado concomitante de escuta, pronúncia, leitura e escrita, você levará menos tempo para falar fluentemente o japonês. Uma ótima forma de exercitar é ter contato com nativos ou pessoas que dominem o idioma.

4 – Deixe a vergonha de lado e não desista

Você escuta bem o idioma, já está com uma escrita razoável, sabe se comportar quanto aos costumes japoneses, mas, por vezes, fica inibido na hora de conversar com nativos. Saiba que, para alcançar a fluência, terá que deixar a vergonha de lado. A fase de tentativa e erro é normal e extremamente necessária no aprendizado de qualquer língua.

5 – Aprofunde seus estudos

Esta dica vai servir de estímulo: quanto mais você se aprofunda no estudo da língua japonesa, mais fácil fica a gramática. Vencida a dificuldade que um alfabeto totalmente diferente impõe, é um alívio perceber que, por exemplo, não há diferença entre plural e singular e que a conjugação em japonês é bem mais simples, pois os verbos não mudam nunca.

Chegar a esse ponto certamente trará um certo alívio e o estimulará ainda mais a iniciar a construção de frases completas e até de textos. Comece com trechos curtos e vá ampliando. Escolha temas ligados ao seu cotidiano, pois isso facilitará bastante suas construções.

6 – Avance até aprender japonês com o Kanji

Depois que você já tiver certo domínio do alfabeto e conseguir conversar sobre assuntos básicos, passe para o estudo dos ideogramas japoneses ou kanjis. E por mais que essa seja a fase mais temida por quem pretende dominar a língua, não tenha medo. Comece escolhendo os kanjis mais fáceis, procurando associá-los com ícones, uma vez que essa é a base dessa pictografia. Isso vai ajudar muito!

E então? Vamos aprender japonês e falar essa língua fluentemente o quanto antes? Para saber mais sobre como alcançar seus objetivos no aprendizado desse idioma, assine nossa newsletter e receba em primeira mão diversas dicas e materiais. Até breve!